• Danielle Oliveira

Como encontrar os fornecedores certos para o seu negócio de moda? (Parte 1)

Atualizado: 27 de Nov de 2020

O fornecedor é uma das partes mais cruciais para um negócio de moda. Prestar atenção na hora de selecionar todos os fornecedores para a sua marca é um processo que demanda muita atenção, pois caso o contrário, as necessidades de compras da empresa poderão não ser atendidas, afetando na qualidade e até mesmo no preço do seu produto. Ainda, encontrar fornecedores que possam atender a sua marca em quantidade é essencial, já que a falta de estoque pode ser um problema drástico para o negócio de moda, principalmente para marcas menores que não possuem um grande mix de produto.


1. Pense no tipo de produto

Todas as variáveis contam muito na hora de escolher o seu fornecedor. Mas o ponto de partida é o seu produto, e por isso na hora de começar a sua pesquisa é importante considerar quais são os produtos que você estará confeccionando (marca própria) ou qual é o estilo e segmento de produtos que vai vender (no caso se for uma revendedora).


Por exemplo, se você trabalha apenas com jeans, considerar fornecedores que oferecem uma boa lavagem, modelagem e até mesmo materiais de qualidade é crucial. Um outro ponto, é observar o volume mínimo do pedido e os valores do fornecedor - fazer um planejamento do mix e sortimento de produto, antes de começar a pesquisa é crucial pois isso irá filtrar quais fornecedores estarão aptos a entregar na margem de preço e a quantidade que foi planejada.


2. Leve a proximidade e o prazo em consideração


É claro que existem milhares de fornecedores espalhados pelo mundo, mas considerar a proximidade na hora de selecioná-los é essencial. Isso irá ajudar na hora de conferir e cobrar a produção e também poderá ser um ponto positivo para estreitar a relação entre as duas partes. Quanto mais distante, menos controle e menos impacto na economia local.


Para encontrar esse fornecedores mais próximos, procure em órgãos de classe ou institucionais locais como o Sebrae, Federação das Indústrias e muitos outros que possuem catalogados todas as empresas que são registradas no CNAE (Código Nacional de Atividades Econômicas). Se não encontrar aqueles que atendem às suas necessidades, expanda para outras regiões. A importação pode ser perigosa para marcas menores, já que o preço e o prazo são mais elevados.


3. Prazo


O prazo é um dos pontos cruciais na hora de escolher um fornecedor, mas inúmeras variáveis devem ser levadas em consideração. Por exemplo se você é uma marca que lança muitos produtos ao ano, em pouca quantidade ou não, agilidade é uma característica crucial. Já se a sua marca não possui muitos lançamentos ao ano, a flexibilidade pode ser um ponto mais importante.


É claro que o prazo não depende só dos fornecedores, toda a cadeia produtiva precisa estar em sintonia. A sua marca precisa avaliar o estoque mínimo por exemplo, para conseguir evitar problemas de suprimento que podem vir a acontecer. O comprimento de prazos depende do fornecedor e também do gerenciamento de estoque.