• Júlia Rezende

Como garantir as vendas online com uma boa descrição de produtos

Atualizado: 25 de Mai de 2020

O prolongamento da quarentena no Brasil nos fez focar ainda mais no mercado virtual, desenvolvendo estratégias que te ajudem melhorar a performance da sua empresa também neste meio.


A partir de conversas com os nossos clientes e de algumas análises do mercado, percebemos que as elevadas taxas de devolução e de “carrinho abandonado” são problemas frequentes entre as lojas virtuais brasileiras. Pesquisamos algumas formas de solucioná-los e as estratégias relacionadas à descrição dos produtos têm destaque especial. Afinal, além de darem credibilidade para os sites, elas também melhoram o ranqueamento em motores de busca, como o Google.


Queremos garantir que você tenha um plano bem estruturado e com boas estratégias para se manter estável e driblar a pandemia. Por isso, selecionamos aqui os pontos fundamentais para uma boa descrição de produtos à venda. Confira a seguir!


Em relação à parte técnica, uma pesquisa do site Backlinko mostrou que para a página do produto ocupar as 10 primeiras posições nas buscas do Google, por exemplo, é fundamental que a descrição tenha no mínimo 1700 palavras. Parece muito né? A boa notícia é que separamos tantos pontos a serem comentados no seu texto, que você alcançará esse número rapidinho.

  • Descreva o produto de maneira detalhada, com informações sobre cor, decote, acabamento, zíper, botões e aplicações

  • Dê sugestões de como a peça pode ser usada, mostrando combinações com outras peças disponíveis seu e-commerce

  • Mencione composição, tamanhos e medidas exatas

  • Coloque instruções de lavagem e cuidados com a peça

  • Não se esqueça de colocar sobre frete, envios, trocas e devoluções


A formatação do texto e a forma como ele é escrito também são pontos fundamentais par