• Raquel Leão

Jeanswear sustentável

O segmento de jeanswear é considerado um dos mais poluentes da indústria da moda. Os processos de lavagens e beneficiamentos geram muitos resíduos, gastam milhares de litros de água (estima-se que até 11 mil litros para a fabricação de uma peça) e ainda, muita energia. Fora que para se produzir um jeans pelos meios tradicionais, se usa algodão, normalmente cheio de agrotóxicos. Entretanto, nos últimos anos a indústria tem se empenhado em minimizar esses impactos, buscando alternativas através de novos processos e tecnologias, visando uma moda mais consciente e circular. Veja alguns exemplos abaixo (via Febratex):


  • Produção do jeans a partir de algodão orgânico;

  • Processos de beneficiamento e tingimentos naturais, feitos com corantes naturais;

  • Reaproveitamento da água utilizada nesse beneficiamento;

  • Respeito à biodiversidade e às normas ambientais.


A seguir, selecionamos os principais cases de mercado para você ficar por dentro e pesquisar, buscando também se inspirar e trazer algumas alternativas para o seu negócio. Lembrando que a SUSTENTABILIDADE tem se tornado não apenas uma opção de nicho, mas sim uma solução inevitável para uma grande parcela dos negócios de moda, visto que os consumidores estão cada vez mais buscando um consumo responsável.


Renner


A Renner se destacou no mercado nacional em 2020 ao lançar a coleção Re Jeans, que consiste em peças recicladas feitas com excedentes de outros jeans da marca, evitando o lixo têxtil e o desperdício. O processo consiste em pegar o os retalhos, desfibrá-los e separá-los por cor, tornando-os fios novamente para serem usados em novos produtos. Um ponto importante é que esses materiais não possuem poliéster na composição, tornando a reciclagem possível e evitando o problema de microplástico nos oceanos. O Re Jeans faz parte de uma nova iniciativa da marca, intitulada Re - Moda Responsável, que também conta com linha de malhas e que firma o compromisso da marca de tornar 80% dos seus produtos com matérias-primas e processos menos impactantes até 2021.


Levi's


A marca mais tradicional de jeanswear do mundo não ficou poderia ficar de fora desse cenário, trabalhando de forma ativa e sempre buscando inovação. A última novidade é o jeans com a tecnologia. Intitulada Circulose, é desenvolvida pela empresa sueca Renewcell, parceira da Levi's há mais de 2 anos. Como a Circulose é uma viscose com um toque diferente, ela compõe 40% da peça, que também usa algodão orgânico e polpa de madeira, visando uma moda circular. Outra proposta da Levi's é usar o cânhamo como fibra principal ao invés do algodão tradicional. O cânhamo cresce mais rápida, sem agrotóxicos e exige menos água durante o processo produtivo.


Stella McCartney


A estilista inglesa tem a sustentabilidade como DNA de sua marca, sempre apresentando alternativas e tecnologias para tornar a moda mais responsável. Este ano Stella lançou o primeiro jeans stretch totalmente biodegradável, feito em parceira com a empresa Candiani. A tecnologia Coreva Stretch traz fios com algodão orgânico que encapam um núcleo de borracha natural, totalmente livre de plástico. Além disso, se apropria de um tingimento produzido a partir de algas marinhas e cogumelos, conhecido como Kitotex Vegetal, que usa menos água, energia e produtos químicos durante o seu processo.


USE FASHION

AJUDA

CONTATO

+55 11 4858-9425

contato@usefashion.com

FIQUE SEMPRE ATUALIZADO

com nossas newsletters semanais

  • Facebook
  • Instagram
  • Black LinkedIn Icon
  • Pinterest