• Raquel Leão

Estratégia de marca de moda: Collabs

O termo collab é o diminutivo da palavra inglesa collaboration, que em português significa colaboração. Collab é uma prática utilizada por diversos segmentos com a intenção de unir nomes, personalidades, marcas e outros, para fornecer diferentes serviços ou produtos para um certo público.


Esse lançamento deve representar bem a identidade dos parceiros, ora explorando novos segmentos, ora trabalhando com segmentos de uma das partes e trazendo o olhar do parceiro como diferencial. As collabs são consideradas uma estratégia de marca muito eficiente quando bem feitas, visto que atingem um número maior de consumidores, aproveitando a audiência e expertise dos parceiros. 


Tipos de collabs


As collabs podem ser feitas entre duas marcas, mas também entre marcas e personalidades e celebridades, até influencers de outros setores, como da música e do esporte. Mesclar conceitos, unir forças e processos criativos é o segredo de grandes collabs, pois assegura autenticidade das peças.  

  • Marca + arte

Na história da moda, as primeiras parcerias foram firmadas entre marcas e a arte. Isso pelo fato de que a moda no início do século passado era destinada a um público seleto e de alto poder aquisitivo. Portanto, a associação com a arte era certeira em termos de identificação com esse público. Alguns exemplos de parcerias famosas são da estilista Elsa Schiaparelli e o pintor Salvador Dalí, e da Yves Saint Laurent com Mondrian.

  • Marca + marca

A collab entre marcas tende a ser forte, com o propósito de unir forças em um mercado cada vez mais competitivo. A parceria pode ser feita entre marcas de moda, mas também de moda com outros segmentos, como tecnologia, gastronomia, beleza, entre outros. Aqui, é importante que, independente do segmento, as marcas tenham sinergia no público-alvo. Elas podem lançar um produto novo, ou apenas trazer a estética de uma as marcas para um produto existente na outra. 

  • Marca + pessoas

Ao pensar em pessoas, podemos incluir nessa lista celebridades, músicos, esportistas e ainda, influencers. O ponto principal é que essa pessoa seja a cara da marca e ainda, represente um ideal estético ou de personalidade que seja uma inspiração para o seu consumidor. 


Escolhendo seus parceiros


Procure por marcas que tenham sintonia com a sua, mas que também tragam algo novo para a sua coleção. É claro que essa ação exige bastante planejamento e estratégia, mas, feita da forma certa, ela pode trazer muitos resultados positivos e te dar uma base sobre aquele segmento que você quer começar a explorar. 

  • Antes de qualquer coisa, é imprescindível que você conheça o seu público-alvo. A partir daí, poderá pesquisar parceiros que atendam esse mesmo público para não ter conflito de interesses;

  • Sabendo disso, observe também o lifestyle do seu público e pense: além do mix de produtos que você oferece a ele, o que mais você poderia ofertar? Qual a carência desse público? Analisando esses pontos, você cria mais um funil para a avaliação de possíveis parceiros para a sua marca;

  • Se optar por parcerias com influenciadores, esteja certo de que o seu público se identifica com essa pessoa e que ela seja transparente em suas escolhas. Publicidade velada ou sem propósito costuma ter o efeito reverso, prejudicando a sua marca;

  • Se a parceria for firmada com outras marcas, avalie as possibilidades de parceiros com expertises diferentes da sua. Assim você amplia seu conhecimento e traz a sensação de novidade para o consumidor.

Gostou desse conteúdo? Na Use Fashion trazemos as informações que você precisa para criar produtos comerciais e coleções assertivas o ano todo. Quer saber como podemos te ajudar ainda mais? Fale com a gente, é só clicar aqui!

USE FASHION

AJUDA

CONTATO

+55 11 4858-9425

contato@usefashion.com

FIQUE SEMPRE ATUALIZADO

com nossas newsletters semanais

  • Facebook
  • Instagram
  • Black LinkedIn Icon
  • Pinterest